segunda-feira, 6 de maio de 2013

Simplesmente sentir


Eu olho para o céu, sinto o vento bater em meu rosto e suaves gotas de chuvas a cair. Não ouço o barulho dos carros ou do movimento das pessoas na rua. Ouço apenas o som da música em meus ouvidos e ela é minha fala em meio ao meu silêncio.
Estou parada e nada mudou ao meu redor, apenas um sorriso e uma lágrima surgem...
Fecho meus olhos e sinto uma alegria me invadir. Respiro fundo e o sorriso é incontrolável. As lágrimas se confundem com as gotas de chuva.
Estou imersa em meu mundo, mesmo estando aqui...
Olho em volta, as pessoas correm para se proteger, os carros aceleram para chegarem mais rápido ao seu destino. Outros reclamam das gotas que caem. Uns gritam, outros buzinam e percebo que cada dia essa turbulência aumenta e os momentos de simplesmente sentir, sorrir e viver se tornam mais escassos.
Eu corro e volto ao meu caminho pensando: como me sinto uma estranha em minha própria terra, uma estrangeira em um lugar completamente (des)conhecido. Sinto-me caminhando na direção oposta a uma multidão.
Talvez eu não seja muito normal mesmo... Gosto de coisas que maioria, talvez, nem note... Gosto de livros, de ficar olhando o por do sol. Gosto do barulho da chuva na minha janela. Gosto de dias nublados e de músicas que "falem" comigo.
Gosto de coisas antigas e de ouvir histórias. Gosto do outono e de ver as folhas caírem.
Porém, mesmo em uma era tão agitada não abro mão de sonhar, de viver e de sentir o presente. De  aguardar ansiosamente pelo futuro, mesmo que seja algo novo e completamente desconhecido.
Não abro mão das coisas simples. Não abro mão de, por alguns momentos, me desligar dessa correria, fechar meus olhos e simplesmente sentir...

A música dos meus ouvidos: Sublime, Leonardo Gonçalves.

3 comentários:

Kelly Siqueira disse...

Que coisa mais singela e linda, Pri!
*-----------*
Mania que eu tinha de visitar somente o Baú de Histórias quando há tanta coisa rica aqui no Passos da Alma <3

Lindo, lindo, lindo! Me apaixonei!
Parabéns pela inspiração e perfeição do texto. Me fez fechar os olhos e sentir essa chuvinha linda que está caindo aqui agora. <3


Beijos, beijos e muitíssimo obrigada por sempre marcar presença no Cadê Minha Fluoxetina! Prometo me esforçar mais e ser menos ausente!

Juliane Oki Carraro disse...

Que saudades de passar por aqui!

Que Deus continue te inspirando Pri.

Bjs no coração,

Jubys

Gaby Soncini disse...

Tão lindo *.*

Também sou assim e não abro mão!

Que saudades de ti!

Beijos!