terça-feira, 21 de outubro de 2008

Diferença

Era mais uma manhã, ela levantara às 07:00h. Tomou seu café, arrumou-se e saiu em direção ao seu trabalho.
Como sempre subiu no mesmo ônibus, era o mesmo motorista, mesmo cobrador, as mesmas pessoas. Elas já até se conheciam, apesar de nunca terem se falado e com um sorriso se cumprimentavam.
Ela sentou a janela e começou a observar. Eram tantas pessoas mesmo que por alguns minutos (ou horas) conviviam juntas. Tantas diferenças, tantos pensamentos, será que alguns deles pensavam o mesmo que ela naquele momento?
Olhou um menino, estava sentado junto ao cobrador, tinha uma mochila e um olhar assustado, deveria ser a primeira vez que ele ia à escola sozinho. Logo atrás havia uma jovem com um lindo bebê que estava em pé em seu colo que sorria para ela, será que era seu filho ou seu irmão? A dúvida permaneceu...
E aquele homem, por mais que tivesse lugar para se sentar ele insistia em permanecer em pé, por quê?
E os idosos na parte da frente, iam apertados, em pé, enquanto jovens permaneciam sentados ouvindo seu mp3, sem respeitar o “prioridade para gestantes e idosos”. Revoltou-se ao olhar aquilo!
Então sua atenção voltou-se para o senhor ao seu lado. Bem-vestido, de boa aparência, mas com um olhar tão distante, tão triste. Ele ficava com sua cabeça baixa e apenas por breves momentos seu olhar focava a frente como se buscasse algo. Ele a olhou, como se seus olhos gritassem por socorro, ela sentiu sua alma gelar, mas apenas sorriu e permaneceu inerte e ele baixou novamente olhos...
Dentro dela começou uma luta interior, parte dizia para perguntar a ele se estava bem e a outra não queria envolver-se e se ele não gostasse?
Percebeu que sua parada estava próxima, o olhou e pediu licença, ele levantou-se, mas aqueles olhos clamavam por algo, mas ela apenas sorriu e disse bom dia!
Ela continuou sua manhã, mas a imagem naquele senhor não saía de sua cabeça, e aqueles olhos gritantes... Ah, e sentiu um aperto no coração, uma angústia e arrependeu-se... Ela sabia havia perdido a oportunidade de fazer diferença na vida daquele homem!

14 comentários:

jeffao_araujo disse...

Que bela narrativa, demonstra claramente como muitas vezes nos envolvemos com as pessaos que nem conhecemos direito, e também mostra as inúmeras vezes que poderíamos ajudar (ainda que com uma palavra que seja) pessoas que estão precisando.
Adoro ler o que você escreve, gosto muito da forma como você expõe seus pensamentos.
Abração.

susan soares disse...

olá pri...
Nossa isso ja aconteceu comigo
me sentimuito mal...algumas cituações... ando aprendendo
o Espírito Santo está me ensinandoa realmente fazer a diferença... tenho buscado forças. quando o Espírito Santo começa a falar comigo, ja começo a perguntar como... e pedir que de minha boca saiam as palavras certas! Espero que em sua vida tb seja desta forma... com a condução do Senhor!!

bjokas da suh!

|________Uerlle| || || |___| disse...

A narrativa de hoje foi bela Pri.
Aas vezes nos envolvemos com as pessoas pelos olhares,ações...
e como você bem disse ao final do texto...perdemos a oportunidade de fazer alguma diferença na vida de alguém!!

BeijooOos!

Gaby Soncini disse...

Queria de dar sinceros elogios por este texto.

Primeiro por que pareceu a imagem do circular que pego todos os dias de manhã para o trabalho e segundo por que é muito nobre pegar momentos assim e fazer tão belo texto.

E realmente muitas vezes nos envolvemos mais por simples minutos do que muitos anos.

Muito bom seu blog.

Grande beijo.

Thais Michele Rosan disse...

Esses dias eu estava estudando filosofia, e a prof pediu para fazer um texto sobre como está o respeito pelo próximo hj em dia!

E é como vc disse no texto!

Uma vez aconteceu algo parecido comigo, mas eu me levantei e dei o lugar, me senti tão bem depois sabe.. uma alegria!

adorei o blog
beijo

Viviane Moraes disse...

Oi..
Esse post é muito bom.
A narrativa do dia a dia, dizendo em mínimos detalhes o ocorrido, muito legal mesmo.
Está de parabéns..

http://toleranciaa.blogspot.com/

Caroline disse...

Putz, que angústia.

Quem nunca passou por isso?

Ótima lição a desse teu post.

Lindo aqui!

Um beijo.

Jackson Forever disse...

Linda mensageM!!!

aH to te visitandU... p agradecer pela visitah acima de tudoo...

Fika na Paz...^^

bJoO...

Ana disse...

Quantas vezes naõ deixamos de fazer a diferença na vida de alguém!
Essa semana passei por algo parecido:o ônibus que eu pego para ir pra faculdade quebrou,e ficamos mais de 2 hrs esperando outro para voltar pra casa.E o que eu fiz?
Vi várias pessoas desanimadas naquela segunda feira,mas não movi meus dedos.Talvez porque eu também não estava bem,mas não tive a capacidade de pensar que alguém poderia estar pior do que eu ali...
Cheguei em casa,fiquei pensando e fiquei super encanada e arrependida
Pra tudo há um propósito,mas muitas vezes o nosso humano não nos deixa ouvir a voz de Deus....

Bela descrição,me fez refletir mais ainda, e cravar em mim,que não posso perder tempo!O mundo espera pelas nossas palavras!

Beijos no coração.

ótimo fds!

Tássio Costa disse...

Como sempre né, seu Blog...
PRECISO DIZER MAIS ALGO ?
kkkkkkkkkkkkkkkkkk!

Você muuuuuuito beeeem... e sempre fico edificado, ministrado e confrontado.

Essas coisas não acontecem só com você... Infelizmente passei por situações no mesmo nível que você.. e sabe o que eu fiz ?!
NADA... =/

A vontade era de ir lá, falar da palavra... mas a coragem cade ?? é muuito forte isso...

JESUS nos chama para fazer a diferença... e NÓS TEMOS QUE FAZER!

Bjãooo'

Ps.: Obrigado pelo comentário no Blog! =]

O Profeta disse...

Porque o pensamento é milhafre
O infinito e o incomensurável
O orvalho das pequenas coisas
Uma breve prece, uma aventura notável

O sonho de hoje voa no amanhã
Esta terra prende-me os pés
Um fruto maduro é repasto de pássaro
Um caminho feito de lés a lés


Boa semana


Mágico beijo

Franciscus Danton disse...

Pois é! São tantas as oportunidades que temos para nos mudar e mudar alguém (no mais belo sentido da palavra)... E a gente deixa passar! Estamos caminhando cada vez mais frios... Inertes a tantas situações... É fato! (...) Mas nunca é tarde pra mudar!

Lindo texto, moça!

Beijos!

(:

Juliane Oki Carraro disse...

Oiii
Obrigada por sua visita em meu blog, tbm vou te linkar.. amei seu post!
Infelizmente já passei por momentos como esse, em que fique escrava do meu medo... e não compartilhei meu tesouro mais precioso.
Que Deus tenha misericórdia de nós e derrame sobre nossas vidas do seu amor e ousadia!
Excelente semana!
Fica com Deus
Bjss
Jubyss

Lilian Pavan disse...

Quando roubamos o direito de alguém, estamos defraudando, roubando está pessoa no seu direito.

Quando deixamos de pregar o Evangelho... quando recusamos o Ide do Senhor... é este Ide é p/ TODOS, estamos roubando as pessoas no direito de saber sobre Jesus!

Quem derá os pregadores estar falando (é isso mesmo: estar falando, pois é continuo na igreja do Senhor) do mundo, mas estes fatos estão acontecendo dentro das igrejas.

Muitos não obedecem o Ide do Senhor, pq. talvéz pensam que é de responsabilidade do pastor, do evangelista, da misssionária... menos dele.

Pois o mundo precisa conhecer Jesus!

Como ouviram se não há quem pregue? Como pregar se ninguém se disponha a ir?

Bj grande minha flor, estava com saudades.

Boa semana